Pesquisar este blog

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Que diferença faz um dia

Vida é trabalho

Encontrando Forrester e o Amor

Com Frida

Sonhando

Não ao machismo

Momentos café ou vinho

For my love !

Presente que ganhei no dia em que a Tunísia se lembrou do sonho da Primavera Árabe




Estamos em 2019. É setembro, mês do meu aniversário,  acabo de completar 70, daqui a pouco começa a primavera no hemisfério Sul. Ben Ali morreu hoje, era o terrível ditador cuja queda deu origem ao que se chamou Primavera Árabe,  em 2010.

Nesses 9 anos, o mundo árabe,  europeu, africano, americano, seja do Norte, Central ou do Sul, assim como a Ásia e todo o Oriente, tem passado por rigorosos verões ou intensos invernos climáticos e emocionais, mediados por outonos de tentativas de acordos políticos ou comerciais, mas as tais flores  primaveris parecem perder cores, enquanto os povos se desentendem e os criminosos se aperfeiçoam.

Se isso é demais para nossas cabeças,  há por exemplo o presente ameno que ganhei de minha amiga Vanderleia:  o livro do psiquiatra Augusto Cury intitulado " ansiedade, como enfrentar o mal do século".

Comecei a ler. Estou gostando muito.  Já destaco o último parágrafo do prefácio assinado pelo autor:
" O dinheiro compra bajuladores, mas não amigos; compra a cama, mas não o sono; compra pacotes turísticos,  mas não a alegria; compra todo e qualquer tipo de produto, mas não uma mente livre; compra seguros, mas não o seguro emocional. Numa existência brevíssima e complexa como a nossa, conquistar uma mente livre e ter seguro emocional faz toda a diferença..."
Pois o livro trata sobre a síndrome do pensamento acelerado, mal que nos atinge a todos, queiramos ou não,  massacrados por excesso de informação,  nem sempre verdadeira, motivando uma humanidade adoecida coletivamente.

Esse presente é minha Primavera, hoje, aqui e agora.

Saúdo o povo da Tunísia por se livrar de um monstro, embora tenha que conviver com marcas.  Sei que grande parcela dos seres humanos ainda enfrenta mesmo seus sonhos de primaveras verdadeiramente livres de tantas flores mortais.

Saúdo o meu povo brasileiro porque na próxima semana, ao chegar a nossa Primavera, torço que ela nos traga de volta a esperança.
Cida Torneros

Com a palavra: Marieta Severo


Quaresma de São Miguel dia 31


Pavarotti maravilhoso


Como será o discurso de Bolsonaro na ONU?


Bacurau


LEMBRANÇAS
















Maria Bethânia, Zeca Pagodinho - Sonho Meu

Adoniran Barbosa e Elis Regina 1978 (completo)

Vinicius De Moraes, Maria Bethânia & Toquinho • EN LA FUSA | Mar Del Pla...

Ângela Maria


Lara Fabian


Je t'aime


Onde Deus possa me ouvir


quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Hoje é o trigésimo dia da Quaresma de São Miguel


Filminhos






Pena. Peñita. Pena.


Tiê-Alguém me avisou-Sonho meu - Paula Lima e Dona Ivone Lara

Carlos Bolsonaro chama eleitores do seu pai de 'gado' . o vereador CARLOS BOLSONARO É ATREVIDO E DESRESPEITOSO. MERECE INVESTIGAÇÃO SÉRIA, INCLUINDO AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA. SEUS POSTS SE ANALISADOS, DENOTAM MENTE DOENTIA E CARÁTER DUVIDOSO.

Carlos Bolsonaro chama eleitores do seu pai de 'gado': Vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) usou as redes sociais para chamar os eleitores e apoiadores do governo Jair Bolsonaro de “gado”. “Obrigado pela confiança no Presidente, ‘gado’!”, postou no Twitter

TERRA (CAETANO VELOSO).wmv

Trigésimo dia da Quaresma de São Miguel


Barbra e Bocelli


Quaresma de São Miguel 29 dia


terça-feira, 17 de setembro de 2019

Elton Jonh


De repente, fez-se a Luz!



Tenho pensado muito no quanto este mundo anda escurecido, reprisado,  injusto e odiento.
Entretanto,  por viver grave crise de saúde,  com a minha acentuada escoliose dorso lombar, que me entorta desde os 13 anos,  meu tempo tem sido gasto com fisioterapia e exames, consultas médicas,  enfrentamento de dores, uso de medicamentos fortes e instantes de desespero que amenizo com oração. 
Sempre que travo não conseguindo caminhar,  uso ou cadeira de rodas ou bengala mas agradeço por saber que podia ser pior. Consigo ler, acompanhar noticiário,  fui até a uma festa de casamento logo depois de chamar o farmacêutico para me aplicar uma injeção que me brindou por algumas horas. Pude aproveitar a festa. Não pude dançar mas me coube aplaudir.
Agora, dias após ser examinada está semana por 3 médicos,  preparo- me para uma maratona de intensos tratamentos. 
Fez-Se a luz. Sei que aos 70 vou melhorar. Vou recuperar movimentos físicos e emocionais. Nada a lamentar.  Só tenho a agradecer. Posso me dedicar ao tal corpo torto e me libertar da idéia de que essas dores crônicas não me darão trégua.
Com certeza eu as afasto quando consigo. Creio no bem que me busca pelo prazer de amar a vida e tantas pessoas.
Quero ir noutra festa. O aniversário da minha filha postiça Erika, no próximo sábado.  Blindando a dor, vivenciando o amor, encontrando amigas, ouvindo samba, atravessando a ponte.
Aliás,  o melhor mesmo é fazer a travessia no tempo em direção à Luz.
Sigo me cuidando física e mentalmente,  para cuidar dos meus seres amados, familiares e amigos.
Eles são o portal de entrada para a iluminação da minha existência.
Por isso, meu sorriso é mesmo de imenso agradecimento.
Cida Torneros

Ciro Gomes


Filho Carlos reproduz o que o pai presidente pensa? Ditadura? Mais uma facada?


Brincar de viver - Maria Bethânia

Entrevista com a ecosocialista Sabrina Fernandes na Globo News

Vivendo a vida


Encontro no Céu: Jair Rodrigues e Roberto Leal


Jornalista exdefensor de Moro explica porque se arrependeu


Eu amo os livros






Acreditar ( eu não! )


As graças de São Francisco


sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Vivere


Tá combinado


La Habana


Veinte años


Éramos seis


Quaresma de São Miguel


A divina sabedoria da irmandade e do Amor



Hoje meu único irmão Paulo Roberto,  faz 68 anos. Ele e sua esposa Alcina são meus  grandes companheiros de vida. 

Ontem, cantamos parabéns achando que não ia vê-los nesta sexta porque vão passar o fim de semana fora.  Mas estão indo depois do almoço . Por isso fui almoçar com eles.
Na madrugada, tive uma crise alérgica, tossi muito e peguei um livro qualquer para me distrair porque não conseguia dormir.

Por acaso (?)  livro que reli em parte, eu acho que ganhei da jornalista Rosana Mello há uns 20 anos. Sobre as terapias das vidas passadas de autoria do psiquiatra Brian Weiss. 

Os trechos que reli chamam atenção sobre irmandade e amor. 
Mesmo ansiosa, me preparando  para fazer nebulizaçao , pude agradecer à divina sabedoria dos Mestres.

O amor por nossos irmãos biológicos ou não,  ultrapassa cada vida. É eterno!
Cida Torneros 


Quando Aznavour fez 80 anos


quarta-feira, 11 de setembro de 2019

September morn


El último café


Merval, da Globo, diz que clã Bolsonaro tem viés autoritário e defende cassação de Carluxo

Merval, da Globo, diz que clã Bolsonaro tem viés autoritário e defende cassação de Carluxo: O colunista Merval Pereira, do Globo, que é quem melhor expressa a posição da família Marinho, publica nesta quarta-feira um artigo sobre as 'bravatas autoritárias' da família Bolsonaro – a mais recente a do vereador Carlos, que disse não ser possível promover mudanças rápidas numa democracia. 'Os Bolsonaro têm uma visão de democracia muito relativa. Em qualquer estado do Brasil, um vereador que escrevesse o que ele escreveu, estaria sendo passível de cassação diante de uma comissão de ética', diz ele

Às vezes no silêncio da noite


Quando o amor acontece


terça-feira, 10 de setembro de 2019

Nós, as lindas mulheres! No mundo machista e dos feminidídios









Quando, há muitos anos, fui com minha mãe assistir a Uma linda Mulher, parecia um conto de fadas. aquela jovem atriz de 19 anos, Julia Roberts, trazia o tema da beleza vendida das prostitutas que sonham deixar sua vida dura, expostas  a toda a sorte de riscos. Podia ser a historia de um garoto de programas, ou, nos dias de hoje, de um trans , mas o fato é que na época o tema envolveu o amor possível entre a beleza de nós mulheres , permeando o mundo machista que cultiva  ainda o desmascarado poder sobre suas companheiras.
Somos lindas, sim, de corpo ou de alma, de decepções, traições e altos e baixos. dá gosto de ver o mulherio invadindo os campos outrora dominado pelos homens senhores da razão há milhares de anos, capazes de torturar, ou matar as próprias mães dos seus filhos, cultura doente, psicótica, onde sobrevivemos em busca de um lugar ao sol.
Gosto de reverenciar nas minhas orações, as vítimas desse terror que é a onda arrasadora dos feminicídios, Deus lhes dê paz do outro lado.
Haja justiça para seus algozes,
Que possamos criar filhos homens que respeitem as mulheres e os outros seres diferentes, que sejam homens da paz. Que amem de verdade, que parem de ofender e matar, que entendam se as parceiras dizem não e sigam seus caminhos, que abandonem armas, facas, xingamentos, que esses pseudo príncipes encontrem suas identidades de homens modernos, amigos, justos sem violência ou assassinatos.
Cida Torneros


Mercedes Sosa, Chico Buarque, Caetano Veloso, Milton Nascimento e Gal Co...

MEMORY - BARBRA STREISAND (Tradução)

Bob Fernandes fala dos bolsonaristas


Mania de chapéu


Éramos seis elenco de 2019


Eu sei que vou te amar


Quaresma de São Miguel dia 23


Bom dia, Brasília! Vamos fazer mudanças pelas vias democráticas. Carlos Bolsonaro merece ser processado por sugerir desrespeitar a Constituição.


A foto é de 2010. Quando estava trabalhando com Denise num seminário da Federação Nacional dos médicos.  Fomos visitar o Memorial JK.
Minha vida profissional incluiu muitas idas à Brasília desde os anos 70.
Vi de perto seu crescimento. Testemunhei o quanto a cidade concebida por socialistas se tornou Paraíso do consumo e do conchavo.  Mesmo assim, creio que uma capital central ajudou o Brasil a se interiorizar.
Há muito a fazer. Muito a trabalhar. Muito a lutar. Muito mais a perseverar. 
Brasília é desafio no Planalto Central. 
Atualmente tenho filho e nora vivendo lá.  Torço para ter netos brasilienses. 
Torço para que o plano piloto decole o avião sonhado da igualdade e da liberdade. De 1960 pra cá,  Brasília é um marco de um Brasil cujo sonho de gigante adormecido precisa acordar de vez. Temos que triunfar como país com destino grande. Chega de ser país manipulado por capital e interesses estrangeiros. Nossa gente é trabalhadora. Nosso povo é sofrido. O sonho de uma nação brasileira realmente organizada não pode morrer. Vamos virar o jogo. Dinheiro não é tudo.  Educação é a chave. Respeito às diferenças é o caminho. Convivência sem a cultura do ódio é a solução.  Pacto Nacional é o único caminho. Democracia é a via republicana que nos norteia. Essa declaração do filho do atual presidente dizendo que não mudaremos pela via democrática é a fala de um doido. Esse jovem destoa da maioria. Cabe processá-lo. 
Boa democracia é exercício de respeito às diferenças é desigualdades. 
Niemeyer e JK sonharam com uma Brasília capaz de coordenar um país justo e organizado. Ainda vamos conseguir isso! Que esclareçam ao jovem vereador filho do presidente que a via democrática é a única saída para todos nós.  Esse rapaz está abrindo a boca e vomitando imbecilidade.
Busquemos diálogo e patriotismo. Cultivamos respeito à Constituição.  Curvemo-nos às diferenças de costumes. Vamos lutar por uma nação livre e soberana. Pela via democrática SIM! 
CIDA TORNEROS 
Cida Torneros 

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Contigo


Sabina em 1993 no Chile


Sabina 70



Adoro Joaquim Sabina. Temos a mesma idade. Pena que ele vem Sempre fazer shows na Argentina, Peru, outros países da América Latina.  No Brasil não vem. Que pena. Em novembro próximo virá cantar em Buenos Aires.
Cida Torneros  

Éramos seis. Assisti em 1994. Foi linda


Um vestido velho! De 2008. Já fui a 4 eventos!



















Usei 4 vezes.
2008 bienal de SP lançamento  do meu livro.

2013 bodas de ouro do ex-prefeito Conde

2015 casamento da minha prima Maria Carmem

2019 casamento do filho da Vanderleia

Só vou gostar de quem gosta de mim


AMELINHA - Foi Deus que fez voce

Como desejo o teu amor


0 santo povo de Deus

Picasso. Um gênio que amo. Sua Guernica é o símbolo antifascista da humanidade!



Ontem, assisti na TV Cultura ao último capítulo da série sobre a vida do pintor espanhol Pablo Picasso.  Interpretado por Antônio Bandeira, o personagem artista criou Guernica como protesto ao bombardeio fascista de Franco.  A obra só pôde retornar à Espanha depois da morte do ditador fascista.

A cena da agonia mortal de Picasso é comovente. Ele lembra dos seus amores da longa vida e encerra sua passagem na Terra pedindo papel para pintar. A arte foi seu grande Amor. 

Pude conhecer Guernica em 2009 no Museu Reina Sofia em Madrid.  Sentei no chão e chorei.  A emoção de sentir como um artista retratou a atrocidade do poder imposto por seres que se julgam superiores capazes de eliminar humanos inocentes com bombas ou fuzis. 

Os podres poderes seguem pelo mundo de hoje. Picasso é um grito de socorro que muitos sequer escutam. 

Mesmo assim, continuaremos a resistir aos seres de atitudes fascitóides, capazes de eliminar sem dó os pobres coitados e os que pensam diferente.

Picasso é um grito de esperança para nós que sabemos que o mundo pouco mudou.

Minha emoção com o seriado tem a ver com minha impotência por constatar a ascensão da extrema direita nesse planeta agonizante das mudanças climáticas e das desigualdades imensas. 

Um mundo de tantas intolerâncias e de radicalismos religiosos e de costumes. Onde se quer proibir beijo gay mas se que vender armas. 

Picasso me comove muito. Até me redime. Sua vida de pintor tenaz e talentoso me mostra que lutou como pôde contra a opressão fascista.

Nós também lutaremos. Como pudermos!

Cida Torneros 

Brasil. Censura nunca mais!


É proibido proibir


domingo, 8 de setembro de 2019

Sabina em debate


Pablo Alborán Con Carminho-Perdóname -En Portugués [En Directo].m4v

cerimonialista, a gente apresenta a vida no dia a dia!









falar apresentar
roteirizar
dirigir a cerimônia
chamar os palestrantes,
descrever biografias resumidas
prender atenção das pessoas
pronunciar palavras com emoção
clareza, lucidez.
amar poder dizer coisas
apaixonar-se por frases
conduzir cerimônias
usar o microfone
soltar a voz suavemente
penetrar nos ouvidos
alcançar os corações
roçar nos inconscientes
invadir cabeças
pedir licença
encantar alguém...
Cida Torneros