Pesquisar este blog

terça-feira, 3 de setembro de 2019

A vida cor de rosa dos bons pensamentos!






Quando fui pela primeira vez à França, já tinha 59 anos. Sabia que estava atrasada 40 anos. Mas no coração e nos pensamentos a vida podia ser cor de rosa de novo e sempre.

Com 60, entrei num curso de francês.  Aprendi um pouco. O suficiente para receber o namorado francês, Antoine,  que conheci em Paris, quando ele veio anos depois ao Rio, passar o réveillon comigo na entrada de 2014, em Copacabana.  

Consegui surpreende-lo ao pronunciar palavras da nossa vie en Rose. 
Perdi-o de vista. 

Mas não perdi cada sonho do quanto a vida pode ser cor de rosa de acordo com nosso olhar.

Meu irmão e cunhada me deram brincos dessa cor, bem grandões,  nesses meus 70 anos. Estreei na festa. Fiquei muito feliz.
Assim como Piaf, sei que nenhum sofrimento pode apagar a alegria dos tais momentos de felicidade e amor que nossas histórias nos oferecem.
Desejo a todos que experimentem a energia rosa! É um sopro de bondade num mundo que anda sem luminosidade. Amor é cor de rosa, como diz a canção.  
Cida Torneros 



Nenhum comentário:

Postar um comentário